Sistema ATA 100

06/10/2010 09:58

Os manuais empregados na aviação estão preparados de acordo com a especificação ATA-100 , da “Associação dos Transportes Aéreos da América”, para todos os dados técnicos dos fabricantes datados de 01de junho de 1956. Estes padrões foram planejados para minimizar os custos e os esforços das empresas aéreas, e para facilitar o entrosamento entre o fabricante com os operadores, seu pessoal e suas necessidades. Este documento passou por uma revisão em 15 de março de 1968 . Estas especificações estabelece um padrão de apresentação utilizado pelos fabricantes de aeronaves, motores, componentes e acessórios como uma ferramenta adicional de apoio aos seus produtos. 

Sistema ATA – 100

Para que possamos nos aprofundar no manuseio de manuais é necessário conhecermos um pouco do sistema.O conteúdo dos manuais estão divididos em capítulos, subsistemas e complementos de subsistemas, para facilitar a localização da informação ao usuário. Este arranjo permite uma divisão funcional da aeronave.Cada capítulo inicia com um índice do seu conteúdo. Na aviação comercial toda a referência de localização de uma informação sobre qualquer assunto segue as normas estabelecidas pela ATA , e perfazem um total de 100 capítulos básicos.

Divisão dos Capítulos

A divisão destes capítulos está agrupada em quatro grupos principais:

Grupo I - Diversos

Grupo II - Sistemas

Grupo III - Estrutura

Grupo IV - Motor

As informações técnicas contidas nos grupos I, II, e III são da responsabilidade do fabricante da aeronave ou dos componentes, enquanto que as informações do grupo IV, são da responsabilidade do fabricante do motor.

 ATA 100

01  INTRODUCTION
05  PERIODIC INSPECTIONS
06  DIMENSIONS AND AREAS
07  LIFTING AND SHORING
08  LEVELING AND WEIGHING
09  TOWING AND TAXIING
10  PARKING, MOORING, STORAGE AND RETURN TO SERVICE
11  PLACARDS AND MARKINGS
12  SERVICING - ROUTINE MAINTENANCE
18  VIBRATION AND NOISE ANALYSIS (HELICOPTER ONLY)
20  STANDARD PRACTICES - AIRFRAME
21  AIR CONDITIONING
22  AUTO FLIGHT
23  COMMUNICATIONS
24  ELECTRICAL POWER
25  EQUIPMENT / FURNISHINGS
26  FIRE PROTECTION
27  FLIGHT CONTROLS
28  FUEL
29  HYDRAULIC POWER
30  ICE AND RAIN PROTECTION
31  INDICATING / RECORDING SYSTEMS
32  LANDING GEAR
33  LIGHTS
34  NAVIGATION
35  OXYGEN
36  PNEUMATIC
37  VACUUM
38  WATER / WASTE
39  ELECTRICAL - ELECTRONIC PANELS AND MULTIPURPOSE COMPONENTS
41  WATER BALLAST
45  CENTRAL MAINTENANCE SYSTEM (CMS)
46  INFORMATION SYSTEMS
49  AIRBORNE AUXILIARY POWER
51  STANDARD PRACTICES AND STRUCTURES - GENERAL
52  DOORS
53  FUSELAGE
54  NACELLES / PYLONS
55  STABILIZERS
56  WINDOWS
57  WINGS
60  STANDARD PRACTICES - PROPELLER / ROTOR
61  PROPELLERS / PROPULSORS
62  MAIN ROTOR(S)
63  MAIN ROTOR DRIVE(S)
64  TAIL ROTOR
65  TAIL ROTOR DRIVE
66  ROTOR BLADE AND TAIL PYLON FOLDING
67  ROTORS FLIGHT CONTROL
70  STANDARD PRACTICES - ENGINE
71  POWER PLANT - GENERAL
72  ENGINE
72(T)  ENGINE - TURBINE / TURBOPROP, DUCTED FAN / UNDUCTED FAN
72(R)  ENGINE - RECIPROCATING
73  ENGINE - FUEL AND CONTROL
74  IGNITION
75  BLEED AIR
76  ENGINE CONTROLS
77  ENGINE INDICATING
78  EXHAUST
79  OIL
80  STARTING
81  TURBINES (RECIPROCATING ENGINES)
82  WATER INJECTION
83  ACCESSORY GEAR BOXES (ENGINE DRIVEN)
84  PROPULSION AUGMENTATION
91  CHARTS

AerospaceBrasil

Voltar

Pesquisar no site

© 2010 Todos os direitos reservados. aerospacebrasil.com

Criar sites grátis em portugues Webnode